Berço da cultura Suaíli, a Tanzânia preserva uma tradição secular. É neste país que encontra a maior montanha do continente Africano, o espectacular Kilimanjaro com os seus quase 6.000 metros de altitude. A capital, Dar Es Salam, situada a leste do país em plena costa do Indico, é um importante porto comercial de África mas, a porta de entrada dos safaris, situa-se no interior Norte, a cidade de Arusha. Venha connosco e deixe-se deslumbrar!!

Tanzânia - Pacotes de Viagens


Tanzânia Mágica
DESDE2195€

Tanzânia Mágica

Saídas todas as Quartas, Quintas e Sextas Feiras
Tanzânia e Zanzibar (Plus)
DESDE3185€

Tanzânia e Zanzibar (Plus)

Partidas Diárias
Rota do Serengeti
DESDE3245€

Rota do Serengeti

Saídas à Sexta-feiras e Domingos
O Melhor da Tanzânia (Standard)
DESDE3330€

O Melhor da Tanzânia (Standard)

Saídas aos Sábados
O Melhor da Tanzânia (Executive)
DESDE3535€

O Melhor da Tanzânia (Executive)

Partidas todas as Sextas e Domingos
O Melhor da Tanzânia (Plus)
DESDE3605€

O Melhor da Tanzânia (Plus)

Saídas todas as Terças, Quintas e Domingos

Serengeti
O Parque Nacional do Serengeti, património da humanidade da UNESCO desde 1981, é o mais antigo e mais famoso parque da Tanzânia. O seu nome provém da palavra usada pelos Maasai 'siringet' que significa 'o lugar onde a terra se estende sem fim'. É palco da 'Grande Migração', onde cerca de 2 milhões de gnus, zebras e gazelas atravessam a reserva em direção a Norte e a terras Quenianas, na busca de pastagens mais verdes e sempre perseguidos pelos predadores que encontram aí uma excelente oportunidade para conseguirem a sua próxima refeição naquilo que é um equilíbrio natural da vida selvagem e do respetivo ecossistema. Durante todo o ano poderá observar no seu habitat mais de 35 espécies de grandes mamíferos, como os leões, leopardos, hipopótamos, elefantes, rinocerontes, girafas, antílopes e búfalos, sendo também possível ver hienas, chitas e macacos, para além de mais de 500 espécies de aves.

Ngorongoro
A Área de Conservação Ngorongoro é uma das maiores atracções da Tanzânia. É considerada a 'Arca de Noé' da África Oriental por abrigar a quase totalidade das espécies de animais daquela região, integrados num ecossistema livre de interferência humana. Observado do alto das suas falésias ou do fundo da sua vastíssima cratera, o Ngorongoro é dos lugares mais fascinantes de África. Tem como principal cartão de visita a sua cratera homónima, a maior deste tipo em todo o mundo medindo mais de 19 km de diametro e cerca de 300 km2, onde se pode ver de tudo, desde búfalos, elefantes, zebras, gazelas, hipopótamos e rinocerontes, até aos grandes predadores da região como os leões de juba negra, as chitas, os chacais e as hienas. Para além disso, existe um grande número de aves de belas espécies como as avestruzes, as garças e gralhas, até incontáveis flamingos.

Lago Manyara

O Parque Nacional Lago Manyara fica localizado tanto na região de Arusha como na região de Manyara, na Tanzânia. Extende-se, na sua maioria, numa faixa estreita entre a parede Gregory Rift a oeste e o lago Manyara e este. Famoso pela imensa colónia de flamingos que aí habitam, nomeadamente nas margens do lago, tem também uma alta biodiversidade sendo habitat para variadíssimas espécies como por exemplo leões, macacos, elefantes, girafas, hipopótamos e zebras.

Zanzibar

Zanzibar é uma região semi-autónoma da Tanzânia. É composta pelo arquipélago de Zanzibar que consiste em várias ilhas pequenas e duas grandes: Unguja (a ilha principal, referida normalmente como Zanzibar) e Pemba. Tem como capital a Cidade de Zanzibar, localizada na ilha de Unguja, também conhecida pelo nome do seu centro histórico, Stone Town (Cidade da Pedra), que é património mundial da humanidade. Também conhecida pela Ilha das Especiarias em Zanzibar encontra, provavelmente, das melhores praias do Mundo, banhadas pelas águas tépidas do Indico e com magníficos areais compostos por finas areias brancas. É um local de eleição para descansar num dos excelentes resorts aí existentes.
 


Superfície: 945.087 Km2
População: 57.215.000 habitantes (sensos de 2017)
Geografia: A Tanzânia, oficialmente República Unida da Tanzânia, é um país da África Oriental limitado a norte pelo Uganda e pelo Quénia, a leste pelo Oceano Índico, a sul por Moçambique, pelo Malaui e pela Zâmbia, e a oeste pelo Burúndi, pelo Ruanda e pela República Democrática do Congo (fronteira exclusivamente lacustre, através do lago Tanganica). Além da zona continental a Tanzânia inclui ainda o arquipélago de Zanzibar, no Oceano Índico. Dar Es Salaam, a maior cidade do país e que já foi a capital, continua a ser a principal cidade e onde se encontram a maioria das instituições governamentais, no entanto a capital é Dodoma. A Tanzânia é montanhosa no nordeste, onde está situado o Monte Kilimanjaro, o pico mais alto da África. Para o norte e oeste estão os Grandes Lagos como o Lago Vitória (o maior lago da África) e o Lago Tanganica (o lago mais profundo da África, conhecido por suas espécies únicas de peixes). A região central é a região do grande planalto, com planícies e terras aráveis. A costa oriental é quente e húmida. Mas o grande cartaz turístico da Tanzânia são os seus Parques Nacionais com especial destaque para a famosa Cratera Ngorongoro e o Parque Nacional de Serengueti cuja fauna é abundante e única proporcionando-lhe foto-safaris espectaculares e onde em qualquer altura do ano pode observar os Big Five da Savana Africana (Elefante, Búfalo, Rinoceronte, Leão e Leopardo).
Visto: É obrigatória a apresentação de visto. Vistos turísticos de uma só entrada poderão ser obtidos nos aeroportos, à chegada, por 50 U$D desde que estejam preenchidos todos os restantes requisitos de entrada (passaporte válido, bilhete de regresso, reserva de hotel, vacinação obrigatória). Vistos com entradas múltiplas ou de maior duração terão de ser obtidos junto de representações diplomáticas da Tanzânia. Viajantes que se desloquem a Zanzibar ficam sujeitos ao pagamento local de taxa de estadia (1U$D pessoa/dia) e taxa de saída de Zanzibar (valor variável conforme os voos mas nunca superior a 30U$D). Os valores indicados estão sujeitos a alteração sem aviso prévio das autoridades locais. Por isso tenha sempre disponíveis alguns U$D, em notas, uma vez que, em geral, não são aceites outras moedas ou cartões de crédito para o pagamento destas taxas. O passaporte deverá ter, pelo menos, 2 páginas em branco e uma validade superior a 6 meses após a data de regresso.
Diferença horária: No Verão +1 hora e no Inverno +2 horas que em Portugal continental.
Idioma: As línguas oficiais são o Swahili e o Inglês.
Clima: O clima é tropical e as regiões costeiras são quentes e húmidas. A Tanzânia apresenta dois períodos de chuva, o primeiro, com alguma intensidade, de Março a Maio e o segundo em Novembro e Dezembro com chuvas menos intensas e por poucas horas por dia.
Moeda local / sistema bancário: A moeda oficial da Tanzânia é o Xelim Tanzaniano (1000 xelins equivalem a cerca de 0,5 Euros). Os cartões de crédito são aceites na maioria dos hotéis/loges e em alguns restaurantes das principais cidades, pelo que se aconselha levar moeda, em particular U$D e €uros que podem ser trocados por xelins nos aeroportos ou nos principais hotéis. Regra geral o comércio local aceita pagamento em U$D ou € mas deve negociar o cambio a aplicar.
Gratificações: Gratificar por um serviço é prática corrente na Tanzânia e geralmente ronda os 10% sobre o valor da factura. Gratificações a bagageiros (U$D 1,00 por mala), motoristas/guias (U$D 5,00 a 10,00 por pessoa, por dia) e pessoal dos hoteis/lodges (U$D 2,00 a 5,00 por pessoa, por dia). No entanto estes valores são meramente orientativos e a gratificação é recomendada se o cliente está satisfeito com o serviço recebido.
Números de emergência: 112 é o contacto Nacional de Emergência.
Cuidados de saúde: Deverá sempre consultar o seu médico antes de viajar. Aconselhamos um seguro de saúde que cubra todas as despesas médicas, incluindo, explicitamente, o repatriamento. A vacinação contra a febre-amarela é obrigatória. A apresentação dos certificados de vacinação é, por vezes, solicitada. A profilaxia da malária é recomendável. Evite consumir alimentos crus ou mal cozinhados, beba apenas água engarrafada e, se consumir gelo, certifique-se que é embalado e purificado.
Comunicações: Dispõe de uma boa rede de telecomunicações sendo as principais operadoras a Vodacom, Airtel e Zantel. Todavia, na savana, é normal alguma dificuldade no acesso à rede telefónica nomeadamente através da rede móvel. O prefixo telefónico Internacional é +255.
Electricidade: 220 / 240 V. Necessário adaptador de tomadas com 3 pinos que, conforme disponibilidade, poderão ser fornecidos pelos hotéis/lodges.
Vestuário: Sobretudo roupa leve e de algodão que se torna mais fresca que as fibras sintécticas. Um chapéu e uns óculos de sol são necessários. Também uma camisa e calças compridas para o entardecer assim como algo mais quente para as noites e madrugadas que podem ser frias. Os sapatos devem ser cómodos e fechados. Não esquecer um bom repelente de insectos e protector solar. O vestuário deve ser prático/desportivo, especialmente nos lugares de veraneio e nos parques. No entanto nos restaurantes deve ser usada roupa mais formal.
Vestuário: Sobretudo roupa leve e de algodão que se torna mais fresca que as fibras sintécticas. Um chapéu e uns óculos de sol são necessários. Também uma camisa e calças compridas para o entardecer assim como algo mais quente para as noites e madrugadas que podem ser frias. Os sapatos devem ser cómodos e fechados. Não esquecer um bom repelente de insectos e protector solar. O vestuário deve ser prático/desportivo, especialmente nos lugares de veraneio e nos parques. No entanto nos restaurantes deve ser usada roupa mais formal.
Dicas de Viagem: A população da Tanzânia recebe um elevado número de turistas por ano e é conhecida pela sua hospitalidade. O viajante deve, no entanto, respeitar os costumes e usos locais, em particular fora dos resorts turísticos. A maior parte da população na costa é muçulmana pelo que é conveniente, tanto para os homens como para as mulheres, utilizar roupas compridas ao passear por zonas habitadas e evitar o consumo de álcool em locais públicos (a maior parte dos hotéis e restaurantes servem álcool desde que consumido dentro do estabelecimento). O "topless" nas praias é proibido. Evite fotografar pessoas sem a sua prévia autorização e é proibido fotografar ou filmar edifícios públicos considerados sensíveis, como quartéis, portos, aeroportos ou instalações governamentais. Quanto melhor equipado viaje mais desfrutará a viagem. Não deve viajar com demasiada bagagem mas sim com a bagagem adequada. Não esqueça os seus documentos de viagem bem como, se for o caso, a sua medicação pessoal. Além do cartão de crédito deverá também levar algum cash em notas pequenas de U$D e €uro. Material fotográfico e/ou de filmagem é importante para “mais tarde recordar” e não esqueça os respectivos carregadores. Os binóculos ajudarão a apreciar certos spots mais ao pormenor. Óculos de sol, chapéu, roupa leve e prática e calçado confortável são fundamentais. Não esqueça o protector solar e leve um bom repelente de insectos.