As Maurícias são um conjunto de ilhas (a ilha principal e as restantes de menor dimensão) localizadas a leste de Madagáscar onde poderá encontrar uma fusão de praias paradisíacas, lagoas, parques naturais, jardins e ainda um vulcão inativo. Disfrute das águas cristalinas, das barreiras de coral e da gastronomia que tem das mais diversas influências, devido aos diferentes povos que por aqui passaram.

Maurícias - Pacotes de Viagens


Maurícias
DESDE1270€

Maurícias

Saídas Diárias > 7 Noites
Dubai & Maurícias
DESDE1399€

Dubai & Maurícias

Saídas Diárias > 7 Noites
Maurícias - Lua de Mel by Sun Resorts
DESDE1695€

Maurícias - Lua de Mel by Sun Resorts

Saídas Diárias > 7 Noites
Dubai & Maurícias - Lua de Mel
DESDE1769€

Dubai & Maurícias - Lua de Mel

Saídas Diárias > 7 Noites

Localização: As Maurícias localizam-se a aproximadamente 2000kms a sudeste da costa de África e a leste de Madagáscar.

História: De origem vulcânica e protegida por barreiras de coral que formam lagoas naturais e de águas cristalinas, as Maurícias são um destino de sonho. Conhecidas pelos Árabes desde o século X, foram oficialmente descobertas em 1505 pelo navegador português Pedro de Mascarenhas. A ilha foi ocupada sucessivamente pelos holandeses (1598-1712), pelos franceses (1715-1810) e foi cedida à Grã-Bretanha em 1814 através do Tratado de Paris. A 12 de Março de 1968, as Maurícias tornaram-se independentes. O dia da República foi proclamado a 12 de março de 1992. 

Gastronomia: A culinária local reúne uma variedade de sabores que vão desde pratos franceses até os orientais, com receitas trazidas da China, como os bolinhos cozidos ao vapor. No entanto, a comida que prevalece é a da Indiana, devido ao grande número de imigrantes e descendentes indianos que vivem na ilha. O alimento base da dieta dos maurícios é o arroz, que é cozinhado de diversas formas. As massas também são frequentes, servidas com galinha ou marisco. O marisco e o peixe, fazem parte da ementa da maioria dos restaurantes. Os mais frequentes são o caranguejo, o bonito, o marlim e a dourada, cozinhados com especiarias ou guisados com ingredientes mediterrânicos.

Jardim Botânico das Maurícias: Também conhecido por Jardim Pamplemousses é uma das mais populares atracões nas Maurícias, fica localizado perto de Port Louis. É o jardim botânico mais antigo do hemisfério sul sendo famoso pelos nenúfares gigantes, um jardim de especiarias e uma coleção de 85 variedades de palmeiras da América Central, Asia, África e das ilhas do Oceano Indico.

Parque Nacional Black River Gorges: Localiza-se no sudoeste da ilha. Foi criado para proteger a vegetação natural da ilha e oferece algumas das paisagens mais espetaculares. Podem fazer-se caminhadas até ao ponto mais alto da ilha – Black River Peak. As instalações para visitantes incluem dois centros de informação, áreas para picnic e 60 km de trilhos.

Ilha Cerfs: Localizada perto da costa leste das Maurícias, é famosa pelas suas praias e lagoas.
Port Louis: É a capital e principal porto das Maurícias. Construída em 1735 pelo governador francês Mahe de Labourdonnais, a cidade encontra-se rodeada por uma cadeia de montanhas – Port Louis Moka Range. Algumas das principais atrações da cidade são: Fort Adelaide, Caudan Waterfront, Port Louis Bazaar, Police Barracks, Chinatown, o antigo teatro de Port Louis, o Museu Blue Penny, o Museu de História Natural e o Museu dos Selos.

Ganga Talao: É um lago situado na região montanhosa do distrito de Savanne, no coração das Maurícias e fica a 600 metros acima do nível do mar. Diz-se que as águas do lago comunicam com as águas do Ganges na Índia. É considerado um lago sagrado pelos Hindus. Todos os anos, a comunidade hindu realiza uma peregrinação em honra do deus Siva, na Maha Sivaratri “Grande noite de Siva”. Ao lado do lago existe um templo dedicado ao deus Siva e a outros deuses como Hanuman e Lakshmi e uma estátua de Mangal Mahadev com 33 metros, sendo a estátua mais alta das Maurícias. 

Parque Chamarel: A “Terra de sete cores” do Parque Chamarel é uma curiosidade geológica e uma das maiores atrações turísticas da ilha. As cores predominantes nestas dunas são vermelho, castanho, violeta, verde, púrpura e amarelo. Do parque, avistam-se também as cascatas de Chamarel, com três cascatas distintas que caem cerca de 100 metros de altura.

Trou aux Cerfs: É um vulcão extinto, com 605 metros de altura, localizado em Curepipe. No centro da cratera existe um pequeno lago. O miradouro no topo da cratera oferece uma vista espetacular vista sobre a maior parte da ilha.

Ilha Aigrettes: É uma pequena ilha de coral situada ao largo da costa da cidade de Mahebourg. Foi declarada um local de conservação da natureza e é hoje preservada pela Mauritian Wildlife Foundation e tornou-se num padrão internacional para a proteção dos recursos naturais e espécies em perigo. Algumas das aves mais raras do mundo podem ser encontradas aqui. Algumas das plantas da ilha apenas crescem aqui e constituem os últimos vestígios de uma floresta costeira que rodeava as Maurícias.

Ilha Gabriel: Localizada no extremo norte da Maurícia é uma reserva natural protegida, famosa pelas praias selvagens e águas cristalinas. É muito popular para snorkling e mergulho.

Casa Eureka: É uma casa crioula, construída em 1830 num magnífico jardim, rodeado pelas cascatas do Rio Moka e pelas montanhas Moka. É famosa por ser uma das maiores casas da ilha, com 109 janelas e portas. Alberga um museu, aberto em 1986, com áreas dedicadas à música, arte, mapas antigos e utensílios de casa chineses e indianos.

Documentos necessários: Passaporte, com uma validade mínima superior a 6 meses. Não é exigido visto para períodos inferiores a 2 semanas.

Diferença horária: GMT +4 (+3 horas que Portugal)

Moeda: Rupia das Maurícias (+/-0,025 Euros)

População: 1.291 milhões de habitantes (2012)

Capital: Port Louis

Religião: A população é maioritariamente hindu.

Grupos Étnicos: Mauritanos, Crioulos e Chineses.

Idiomas: Inglês, Crioulo, Francês.

Corrente Elétrica: 220 / 240 V com tomadas europeias.

Bancos: Em geral, os bancos estão abertos de segunda a sexta, das 8h30 às 15h. As agências de câmbios abrem diariamente das 9h às 13h e das 14h às 19h.

Cartões de Crédito: Os cartões de crédito são aceites em todo o país, sobretudo Visa e Mastercard, contudo, é conveniente informar a entidade emissora quando se desloca ao estrangeiro.

Clima: Tropical. Inverno: ameno e seco (junho a setembro), Verão: época das chuvas, húmida e quente (outubro a maio). Nas áreas costeiras a temperatura pode variar entre os 22°C no inverno e os 34°C no verão. A temperatura do mar varia entre os 22°C e os 27°C. Na parte central da ilha, a temperatura máxima diária varia entre os 19°C em agosto e os 26°C em fevereiro. As regiões oeste e norte são mais quentes e secas em relação ás regiões leste e sul.

Governo: As Maurícias são um estado democrático e politicamente estável.

Saúde: A rede sanitária é satisfatória. É aconselhável o tratamento preventivo contra a malária. É recomendável a subscrição de uma apólice de seguro de saúde com cobertura neste país e que preveja a evacuação sanitária.

Nudismo: O nudismo e topless não são permitidos nas praias públicas nem nos hotéis.

Feriados: Existem 15 feriados durante o ano. Sete deles são fixos: 1 e 2 de janeiro, 1 de fevereiro, 12 de março, 1 de maio, 2 de novembro e 25 de dezembro. Os restantes são festas religiosas e cujas datas variam de ano para ano.

Festividades: Thaipoosam Cavadee – janeiro, fevereiro; Maha shivaratree – fevereiro; Festival da Primavera Chinês – janeiro, fevereiro; Ougadi – março, Id-El-Fitr – maio, junho; Ganesh Chaturthi – setembro; Divali – outubro, novembro.

Compras: O horário de funcionamento das lojas é normalmente das 09h30 às 19h30 (segunda a sábado). Algumas lojas estão abertas até às 12h aos domingos e feriados.

Gratificações: As gratificações não são obrigatórias.

O que vestir: Roupa casual e de praia. Nos meses de inverno (junho a setembro), aconselham-se agasalhos para as noites mais frias. Não deverá usar roupas curtas e retirar sapatos e cintos de cabedal quando visitar locais religiosos.

Quando ir: A época alta ocorre normalmente entre dezembro e março. As temperaturas são altas e o número de visitantes é mais elevado. Esta é a época ideal para mergulhar visto as águas terem uma melhor visibilidade. No inverno, as temperaturas são um pouco mais baixas, mas as condições meteorológicas mais instáveis. Entre junho e agosto é frequente a ocorrência de aguaceiros fortes e repentinos. Esta é a época ideal para a prática de desportos como o surf e o windsurf.

Precauções: Não existem répteis venenosos ou animais perigosos na ilha. No entanto, alguns insetos podem causar picada. Caso seja picado particularmente na cabeça ou cara, sugere-se que contacte um médico. Existem alguns peixes e invertebrados nas águas das Maurícias que podem ser prejudiciais, nomeadamente ouriços do mar, peixe pedra e peixe leão. É aconselhável informar-se da sua existência nas águas do local que vai visitar. Deve ter cuidado para não os pisar e considerar o uso de sandálias.