As grandes atracções do Botswana são, sem dúvida, os seus parques nacionais considerados por muitos como os mais belos do continente. Entre as opções um dos principais é o Parque Nacional Chobe. Mas o ex-libris deste país é, sem dúvida, o Delta do Okavango. Um pântano permanente com uma área de 15.000 km2, cujo nível das águas varia ao longo do ano e que, por isso, forma milhares de pequenas ilhas repletas de fauna e que descobrirá através de magníficos passeios em lancha e em 'mokoro' (canoa tradicional).

Botswana - Pacotes de Viagens


Botswana e Victoria Falls
DESDE3755€

Botswana e Victoria Falls

Saídas Diarias

Delta de Okavango
O Delta do Okavango é património Mundial da UNESCO por ser um dos poucos deltas interiores do mundo com um sistema aquático quase intacto. Considerado também uma das Sete Maravilhas da África, é um excepcional exemplo de interação entre processos climáticos, hidrológicos e biológicos. É o maior delta interno do mundo e toda a água que chega ao delta é evaporada e não chega a nenhum mar ou oceano (60% perde-se através da transpiração das plantas, 36% por evaporação, 2% por percolados em sistemas aquíferos e 2% fluem para o Lago Ngam)i. A cada ano aproximadamente 11 Km’s cúbicos de água passam nessa região. O rio Okavango drena a chuva de Verão (Janeiro/Fevereiro) dos planaltos de Angola e a água espalha-se no delta através de uma área de 250km x 150km durante cerca de quatro meses (Março/Junho). A alta temperatura do delta causa rápida evaporação e “transpiração” resultando um ciclo de subida e descida do nível das águas que não era completamente entendido até ao começo do Século XX. A inundação atinge o seu pico entre Junho e Agosto chegando o delta, nesta época, a triplicar a sua dimensão, atraindo os animais na busca de água e alimento formando por isso uma das maiores concentrações de vida selvagem em África. A Reserva de Moremi, provavelmente o mais espectacular parque nacional do Botswana, localiza-se na zona este do delta e é uma das zonas de eleição para explorar o delta e efectuar fantásticos safaris em lancha ou mokoro (canoa típica da região) através dos milhares de pequenas ilhas existentes no parque.


Chobe National Park
O Parque Nacional Chobe, localizado a norte do Botswana junto á pequena cidade de Kasane, tem uma superfície de quase 11.000 Km2 sendo, por isso, um dos maiores do Botswana. O Chobe é um destino importante em termos de observação de vida selvagem de todo o tipo e é uma opção de safari que o viajante não deve perder especialmente pelos seus safaris no rio. Particularmente conhecido pelas suas manadas de elefantes (cerca de 120.000 elefantes é a população estimada) é um lugar onde pode ainda observar grande quantidade de predadores e grandes concentrações de búfalos, zebras, girafas, impalas entre outros animais que se concentram nas margens do rio para beber. Tmabém a grande concentração de hipopótamos é um dos cartazes deste parque que, para terminar o dia, delicia os turistas com um fantástico pôr do sol.

Geografia: O Botswana situa-se numa zona árida do interior da África meridional. Faz fronteira com a África do Sul a sul e sudeste, a Namíbia a oeste e a norte e com o Zimbabwe a nordeste. A fronteira com a Zâmbia, a norte, não é bem definida mas, uma faixa de aproximadamente 750 metros ao longo do rio Zambeze, com travessia feita por ferry-boat, é comumente usada para marcar a fronteira com este país. O Botswana é um país bastante plano, ocupado quase por completo por um planalto com altitudes entre os 700 e os 1200 m, aumentando um pouco a rugosidade do terreno na extremidade oriental. O deserto do Kalahari ocupa o sudoeste do país, e a norte a depressão de Mababe é parcialmente ocupada pelo pântano do Okavango, onde termina o curso do rio Okavango. A capital é Gabarone e a segunda cidade é Maun no entanto, em termos turísticos, os locais de maior interesse são Kasane (pequena cidade que é uma das “portas” de entrada para os Safaris), Chobe National Park e o espectacular Delta de Okavango.
Visto: Para estadias inferiores a 30 dias não é obrigatório o visto de entrada para cidadãos Portugueses que deverão estar munidos do respectivo passaporte com a validade de 6 meses para além da data da viagem e com pelo menos 2 páginas em branco.
Diferença horária: + 1 hora que em Portugal continental Idioma: Inglês e Setswana.
Clima: O clima do Botswana é semi-árido. No entanto, apesar de ser muito seco durante grande parte do ano, existe uma estação de chuvas durante os meses de verão. A precipitação é muitas vezes seguida por períodos de sol forte. A estação das chuvas, o Verão, vai de Novembro a Março. O Inverno ou estação seca vai de Maio a finais de Agosto. Esta estação seca tem dias invariavelmente ensolarados e as temperaturas vão de fresco a muito quente, no entanto, durante a noite, as temperaturas podem baixar significativamente. Os períodos intermédios Abril/princípios de Maio e Setembro/Outubro ainda são secos, mas os dias são mais fescos que no Verão e as noites mais quentes que no Inverno.
Moeda local / sistema bancário: A moeda local é o Pula. Os cartões de crédito são aceites nos hotéis, lodges, aeroporto e na maioria das lojas e restaurantes. As divisas podem ser trocadas nos hotéis e bancos.
Gratificações: Gratificar por um serviço é prática corrente no Botswana e geralmente ronda os 10% sobre o valor da factura. No entanto estes valores são meramente orientativos e a gratificação é recomendada se o cliente está satisfeito com o serviço recebido. Gratificações a bagageiros (USD$ 1,00 por mala), motoristas/guias (USD$ 5,00 a $ 10,00 por pessoa, por dia) e pessoal dos hoteis/lodges (USD$ 2,00 a 4,00 por pessoa, por dia).
Números de emergência:
- Polícia: 999, Ambulância: 997 ou 911, Emergência: 992

Cuidados de saúde: Deverá sempre consultar o seu médico antes de viajar. Aconselhamos um seguro de saúde que cubra todas as despesas médicas, incluindo, explicitamente, o repatriamento a partir do Botswana. A água da rede pública é potável em todo o país. A malária existe apenas no nordeste do país, contudo aconselhamos a profilaxia da Malária.
Se está a chegar ao Botswana a partir de outro país onde a febre amarela existe de forma endémica, será exigida a apresentação do certificado de vacinação.
Comunicações: O Botswana dispõe de uma boa rede de telecomunicações (telefone fixo e móvel) mas a maior parte dos campos (safari lodges) de uma parte do norte (Okavango e Chobe), comunicam com o exterior através de rádio. O prefixo telefónico Internacional é +267
Electricidade: 220 volts AC 50hz com tomadas 3 pinos redondos.
Vestuário: Para a maioria das situações recomenda-se o uso de roupa de algodão, ou pelo menos rica em algodão, que é mais fresca e mais absorvente que tecidos sintéticos tornando-se por isso mais confortável. Para os homens os calções (não muito curtos) são perfeitos para andar na savana, se bem que as calças sejam mais apropriadas para as cidades ou aldeias. O mesmo para as mulheres. No Botswana o modo de vestir é geralmente conservador. Nos parques estas regras são supérfluas pois a forma de vestir é casual e pensado para manter o viajante fresco e protegido do sol. O calçado deverá ser prático e confortável e recomenda-se o uso de chapéu e óculos de sol. Não esquecer de levar também 1 ou 2 peças de roupa mais quente pois, como é típico de climas tropicais semi-áridos, os dias são quentes e as noites frias. Recomenda-se o uso de protector solar durante todo o ano.
Dicas de Viagem: Quanto melhor equipado viaje mais desfrutará a viagem. Não deve viajar com demasiada bagagem mas sim com a bagagem adequada. Não esqueça os seus documentos de viagem bem como, se for o caso, a sua medicação pessoal. Além do cartão de crédito deverá também levar algum cash em notas pequenas de U$D e €uro. Material fotográfico e/ou de filmagem é importante para mais tarde recordar e não esqueça os respectivos carregadores. Os binóculos ajudarão a apreciar certos spots mais ao pormenor. Óculos de sol, chapéu, roupa leve e prática e calçado confortável são fundamentais. Tenha alguns cuidados alimentares nomeadamente no consumo de legumes crús, beba apenas água engarrafada e se consumir gelo certifique-se que é embalado e purificado. Não esqueça o protector solar e leve um bom repelente de insectos.