Viajar para a Grécia é partir à descoberta das pegadas das antigas civilizações que construíram, ao longo de milénios, um património arquitectónico, filosófico e cultural cujo valor não pode ser medido.

Banhada por alguns dos mares mais famosos da Europa e da Ásia – Jónico, Mediterrâneo e Egeu, entre outros –, pontuados por ilhas fantásticas, é um país de belezas naturais quase incontáveis. O deslumbre invade também o continente, onde as montanhas do Peloponeso, as rochas de Meteóra e outros cartões-postais completam o pacote, como as badaladas praias de Mykonos. Descubra os vestígios de Péricles e o apogeu da cultura grega em Atenas, as origens dos Jogos Olímpicos em Olímpia e encante-se com as cúpulas azuis e paisagens vertiginosas de Santorini. Para conhecer um pouco dessa história não deixe também de passar pela Creta dos minotauros e a Delfos dos deuses.

Grécia - Pacotes de Viagens


O Melhor da Grécia
DESDE1195€

O Melhor da Grécia

Atenas, Corinto, Epidauro, Micenas, Olympia, Delfos e Kalambaka

As ilhas gregas oferecem aos turistas muito mais do que sol, arquitectura branca e mar azul-turquesa. Os monumentos deixados pelas antigas civilizações, a sua história cultural e a importância da localização da Grécia no Mar Mediterrâneo, Mar Egeu, Mar de Creta ou Mar Jónico.
Devido ao clima mediterrâneo, com Invernos suaves e Verões secos e quentes, as melhores épocas para visitar o país são a Primavera e o Outono. Em Abril, o tempo é muito agradável com uma temperatura média máxima na ordem dos 20ºC.

Mykonos: O arquipélago mais visitado é o das Ilhas Cíclades: Mykonos e Santorini, ricas em popularidade. A ilha de Mykonos encanta pelos seus moinhos do vento.

Santorini: Santorini deixa os turistas atordoados com a beleza do seu pôr-do-sol. Um local quase de visita  obrigatória para quem pretende conhecer a Grécia.

Creta: Creta é a maior ilha da Grécia, e a quinta maior do Mar Mediterrâneo. Aqui, o visitante pode admirar vestígios de civilizações antigas, explorar praias, paisagens de montanhas impressionantes, vales férteis e desfiladeiros íngremes.

Atenas: Visitar Atenas, é conhecer e sua Acrópole, local de visita obrigatória. Atenas foi berço da civilização Ocidental e deu origem à Democracia. A Acrópole forma no seu conjunto o mais antigo monumento ocidental. O nome significa “Cidade no Alto”. A Acrópole é visível praticamente de toda a cidade. Foi, desde a fundação da cidade, o ponto central da vida ateniense. Nele se condensa toda a história da Grécia clássica que atingiu o apogeu no século V a.C com Péricles.

Museu Nacional de Arqueologia: o maior museu de Atenas, aberto desde 1874 e alberga as maiores colecções do período da Antiga Grécia.

Museu Bizantino: Possui um vasta colecção de arte cristã desde o séc. IV até ao séc. XIX. Destacam-se os seus ícones, objectos litúrgicos.

Museu de Arte Popular Grega: Este museu oferece uma colecção soberba de arte folclórica e religiosa, principalmente dos séculos XVIII e XIX. Um dos andares é dedicado à produção de seda, ver fatos tradicionais, bordados, joalharia, e trabalhos em prata.

Mosteiros de Meteora: Os vários complexos monacais situam-se no alto dos cumes rochosos de altitude considerável, alguns deles em locais quase inacessíveis. Habitados desde o século XII por anacoretas e monges, era necessário escalar para chegar ao topo e o acesso só era possível através de escadas de mão e monta-cargas rudimentares.

Cidade medieval de Rhodes: A cidade de Rhodes, incluída na lista do Organization of World Heritage Sites, constitui um legado histórico e cultural de grande importância para entender as relações de poder e as influências que determinaram os últimos séculos de existência do Império Bizantino, com conjuntos monumentais góticos, e de influências cristãs e turcas.

Capital: Atenas     

Documentação :  Não é necessário visto, Passaporte com validade mínima de 6 meses.

Moeda: Euro

Diferença Horário: + 2 Horas

Grécia é um país localizado no sul da Europa.  Atenas é a capital e a maior cidade do país.
O país está estrategicamente localizado no cruzamento entre a Europa, a Ásia, o Oriente Médio e a África. Tem fronteiras terrestres com a Albânia a noroeste, com a República da Macedónia e a Bulgária ao norte e com a Turquia no nordeste. O país é composto por nove regiões geográficas: Macedónia, Grécia Central, Peloponeso, Tessália, Épiro, Ilhas Egeias, Trácia, Creta e Ilhas Jónicas. O Mar Egeu fica a leste do continente, o Mar Jónico a oeste e o Mar Mediterrâneo ao sul. A Grécia tem a 11ª maior costa do mundo, com um grande número de ilhas (cerca de 1 400, das quais 227 são habitadas).
Cerca de 80% da Grécia é território montanhoso ou, pelo menos, acidentado. A maior parte do país é seca e rochosa. Só 28% da terra é arável. A Grécia Ocidental contém lagos e zonas húmidas. O Pindo, a cadeia montanhosa central, tem uma altitude média de 2650 m. O lendário monte Olimpo (Macedónia) é o ponto mais alto da Grécia, atingindo 2917 m de altitude.

Gastronomia: A gastronomia grega é riquíssima e tão interessante quanto a cultura do país – os gregos adoram comer bem e têm uma culinária tão vasta quanto deliciosa. Graças ao seu clima e à proximidade do Mediterrâneo, os ingredientes produzidos na Grécia são incríveis, com sabores únicos.
As tradições culinárias são uma mistura dos povos que já ocuparam aquele território – encontram-se traços da culinária turca e o uso de ingredientes tradicionais e sempre frescos como marca registada desta comida. Um azeite delicioso, além de azeitonas, tomates, beringelas, frutos do mar, carne de cordeiro, queijos e iogurtes inesquecíveis!
Os viajantes não poderão deixar de provar um prato típico da cozinha grega, a Moussaka Basicamente, é uma lasanha de beringela, carne moída e tomates assados – um prato tradicional da culinária daquele país e absolutamente delicioso. É um prato bastante temperado e também é encontrado na Turquia.

Documentos necessários para entrada na Grecia


1- É obrigatório o preenchimento do formulário PLF no site do governo https://travel.gov.gr até às
23h59 hrs do dia anterior ao de chegada.
2- Viajantes da União Europeia (UE) e dos países de Schengen, bem como os trinta e três (33) países * não pertencentes à UE que aderiram ao sistema de certificação digital COVID da UE, podem entrar no país com a demonstração do Certificado Digital Europeu COVID-19 após completado pelo menos quatorze (14) dias ate 9 meses após a vacinação para COVID-19 para a vacinação básica ou sem limite de tempo caso tenham feito a 3ª dose/reforço, ou alternativamente:
- Tenham um teste PCR negativo realizado pelo menos 72 horas antes da chegada à Grécia.
- Tenham um Rapid test de Antígenos negativo realizado pelo menos 24 horas antes da chegada à
Grécia.
- Ter um comprovativo de recuperação do COVID-19, válido a partir de 14 dias ate 6 meses (180 dias) após PCR ou teste de antígeno positivo.


* 33 países que aderiram ao sistema de certificação digital: San Marino, Albânia, Andorra, Armênia,
Vaticano, Macedônia do Norte, Geórgia, Suíça, El Salvador, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido,
Islândia, Israel, "Taipei Chinesa (não reconhecido como estado pela Grécia)" , Lichtenstein, Líbano,
Marrocos , Montenegro, Moldávia, Mônaco, Noruega, Nova Zelândia, Ucrânia, Uruguai, Panamá, Cabo Verde, Sérvia, Cingapura, Tailândia, Togo, Turquia, Tunísia, Ilhas Faroé


3- É permitida a entrada de viajantes provenientes de todos os outros países, exceto os mencionados acima, com:
- um teste PCR negativo realizado pelo menos 72 horas antes da chegada à Grécia ou
- um teste rápido de Antígeneo negativo realizado pelo menos 24 horas antes da chegada à
Grécia.


* testes exigidos para maiores de 5 anos
 

Viagens Domésticas
Para o embarque nos navios, ferries e voos para destinos Domésticos:
Todos os destinos domésticos (Para Voos e Barco): é necessário certificado de vacinação valido 14 dias após a ultima dose). Todos os adultos os quais tenham sido vacinados e passou o período de 7 meses para vacina de 2 doses ou 3 meses para vacinas de 1 dose, para ser considerado valido necessitam ter a dose de reforço.

OU um teste PCR negativo realizado pelo menos 72 horas antes do horário da saída programada
OU teste rápido de Antígenos negativo realizado pelo menos 48 horas antes do horário da saída programada
OU Ter um comprovativo de recuperação do COVID-19, válido a partir de 14 dias ate 90 dias após PCR ou teste de antígeno positivo.


* Crianças ate 4 - 17 anos devem fazer o auto-teste (self test) que se pode comprar em farmácias locais - resultado negativo de auto-teste em forma impressa do site gov.gr ou através do link

https://self-testing.gov.gr/covid19-self-test-print.pdf

 

Para informações detalhadas queira consultar o link https://travel.gov.gr

 

 

Para regressar a Portugal:

Medidas implementadas em Portugal
[Atualização: 19 fevereiro]

O governo português tem vindo a tomar todas as medidas de saúde pública necessárias para proteção de toda a população, assim como de quem visita o país.

As medidas em vigor poderão ser revistas de acordo com a evolução da situação epidemiológica.

I – ACESSIBILIDADE

1) Chegar a Portugal por avião

PORTUGAL CONTINENTAL

PERMITIDO
- Países da União Europeia ou de um estado associado ao Espaço Schengen (Liechtenstein, Noruega, Islândia e Suíça);
- Brasil, Canadá, EUA e Reino Unido;
- Países com voos autorizados para viagens não essenciais sob reserva de confirmação de reciprocidade: Arábia Saudita, Barém, Chile, Colômbia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Indonésia, Koweit, Nova Zelândia, Peru, Qatar, República Popular da China, Ruanda e Uruguai, assim como Taiwan e as regiões administrativas de Hong Kong e Macau,

No caso de países não referidos são apenas permitidas “viagens essenciais”, ou seja, as que permitam o trânsito e a entrada em Portugal por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar e por razões de saúde ou por razões humanitárias.

Obrigatório apresentar 
- Certificado Digital COVID da UE na modalidade de vacinação (esquema vacinal completo ou esquema vacinal completo com toma da dose de reforço)
- ou Certificado Digital COVID da UE, na modalidade de teste ou recuperação,
- ou Certificado de vacinação (esquema vacinal completo ou com toma da dose de reforço) ou certificado de recuperação válido emitido por um país terceiro em condições de reciprocidade: Albânia, Andorra, Arménia, Benin, Cabo Verde, El Salvador, Ilhas Faroe, Geórgia, Israel, Islândia, Jordânia, Líbano, Liechtenstein, Moldávia, Mónaco, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Macedónia do Norte, Noruega, Panamá, San Marino, Sérvia, Singapura, Suíça, Taiwan, Tailândia, Tunísia, Togo, Turquia, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido e dependências da Coroa (Jersey, Guernsey e Ilha de Man), Uruguai, Vaticano (https://ec.europa.eu/info/live-work-travel-eu/coronavirus-response/safe-covid-19-vaccines-europeans/eu-digital-covid-certificate_en)

Os Certificados de vacinação são aceites se considerarem uma das vacinas aprovadas em Portugal e de acordo com os termos que poderá consultar em "V – INFORMAÇÃO ÚTIL / Vacinação"

- ou Teste RT-PCR negativo (ou teste NAAT similar) - até 72h antes do embarque, ou
- ou Teste Rápido Antigénio laboratorial negativo- até 24h antes do embarque (de acordo com a lista da Comissão Europeia com base na Recomendação do Conselho de 21 de janeiro de 2021 / Adenda ).
Crianças com menos de 12 anos não precisam de apresentar certificado ou teste.
É obrigatório a todos os passageiros de voos com destino ou escala em Portugal Continental, incluindo os voos provenientes dos Açores e da Madeira, preencher o Formulário de Localização de Passageiros (Passenger Locator Form) individualmente, de forma eletrónica, disponível em https://portugalcleanandsafe.pt/en/passenger-locator-card, após a realização do check-in e antes da hora de embarque. O QR Code gerado no preenchimento pode ser apresentado em papel ou digital, sem o qual não será possível embarcar.
São aceites as vacinas autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento - Comirnaty (BioNTech and Pfizer), Nuvaxovid (Novavax), Spikevax (Moderna), Vaxzevria (AstraZeneca), COVID-19 Vaccine Janssen (https://www.ema.europa.eu/en/human-regulatory/overview/public-health-threats/coronavirus-disease-covid-19/treatments-vaccines/covid-19-vaccines) - e Sinopharm (Vero Cell), Sinovac (Coronavac), Bharat Biotech International (Covaxin), Verity Pharmaceuticals, Fiocruz e R-Pharm. 

 

 

 

 

Para mais informações/actualizações, queira consultar:

https://www.visitportugal.com/pt-pt/content/covid-19-medidas-implementadas-em-portugal

https://portaldascomunidades.mne.gov.pt/pt/vai-viajar/conselhos-aos-viajantes/europa/grecia

https://reopen.europa.eu/pt/from-to/GRC/PRT

https://www.iatatravelcentre.com/world.php

 

 

As informações acima estão sujeitas a alteração por parte das Autoridades Gregas e do Governo Português, sem aviso prévio.